Seguidores

domingo, 30 de setembro de 2012




À sombra da árvore... eu e ela...!!!

 
    
Poeta Cigano

 À sombra da frondosa árvore, ali deitada,
Sobre a relva uma Deusa estendida se via,
Juntinha ao meu corpo, silente e, calada,
Seu cochilo de amor, comigo, ela dormia!

Sua inusitada beleza então tudo ofuscava,
Seu cheiro, sua pele macia e, perfumada,
E ao olhá-la, a cada instante, a admirava,
Aquela que por mim estava, apaixonada!

Arfava seu peito, iam os lábios se abrindo,
E de mansinho, já via seus olhos sorrindo,
Fitando-me, como se quisesse algo, dizer!

Não desperte, não fale, disse com carinho,
Faça de meus braços seu porto, seu ninho,
Porque não quero esse momento, esquecer!




(Cantinho do Poeta Cigano)




Um comentário:

Blog Lucia Barros, Sou poetisa Maria lucia de Barros Gomes disse...

Sempre são lindos os seus poemas Poeta são muito românticos.
Lucia Barrros.