Seguidores

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

"Lembranças"

Poeta Cigano.
Abarco triste o melodioso som da brisa,
No rompante afoito do efêmero tempo,
Não vejo notas harmoniosas desses momentos,
Nem os lindos acordes da sinfonia da vida!

Em meu peito habita ligeiras lembranças,
De um amor fugaz de amarga despedida,
Que se foi, partiu, não deixando esperanças,
Só um coração dilacerado e uma alma ferida!

Como folhas secas levadas pelo sopro do vento,
Deixando ramos desnudos a chorar,
Isolados e sozinhos, em seus tristes lamentos!

Solitário e com meus pensamentos a vagar,
Embriagado por tão intempestivo tormento,
Tento esquecê-la e deixar de sonhar!!!!!!!!!

4 comentários:

Sheila disse...

MUITO LINDA ESSA POESIA...TEM TUDO A VER COMIGO. POIS UM DIA AMEI, MUITO MESMO..MAS EU TIVE UMA RIVAL MUITO PODEROSA QUE O TIROU DE MIM. A MORTE! CONTRA ELA NÃO PUDE LUTAR.FICOU MEU CORAÇÃO CHEIO DE SAUDADES, DILACERADO PELA DOR..MAS TENHO A ESPERANÇA DE UM DIA PODER ENCONTRÁ-LO, MESMO QUE NÃO SEJAMOS UM DO OUTRO. MAS VALE A PENA VE-LO DE NOVO..MIL BJKS MEU POETA AMADO E DOCE CIGANO.SCHEILA BOECHAT BOECHAT

Máh disse...

O coração é um celeiro oculto onde estão armazenados sentimentos que machucam e prejudicam tão somente ao seu proprietário.

Aparecida disse...

REALMENTE SUAS POESIAS FALAM DE COISAS LINDAS E TOCANTES...AMEI...UMA MAIS LINDA DE QUE A OUTRA..

"LOBA" EM FÚRIA disse...

amo-te ler-te!
poemas e poesias inspiradas no amor sublime,uma delicia viajar em teus escritos e mergulha nas falcetas que cativa o leitor e o envolve nas peripecias criadas pelo poeta cigano...
besitos in tue corazón