Seguidores

segunda-feira, 19 de abril de 2010

"Dualidade? Não !!!"


Poeta Cigano

Meus versos, não têm dualidades,
Seguem uma só direção,
Sem procelas e tempestades,
Nem caminham na contramão!

Busco nos sonhos, a poesia,
Em vôos altos, pela imaginação,
Alço os céus, em minha fantasia,
Na bagagem, levo inspiração!

Não vive em mim, a alteridade,
Nem acendo velas, em oração,
Para Deus, ou anjo da maldade!

Sou só um poeta, nessa missão,
De um só caminho, só verdade,
Na busca da beleza, da emoção!!!!!

“Soneto desafiante ao “Soneto de dualidade” de
Autoria do nosso amigo e grande poeta: J.Udine !!!”





15 comentários:

Chiquinha Menduina disse...

Meu querido poeta adorei poesia sempre dão um nó na garganta, beijos

Chris... ჱܓ disse...

Lindo poema!!
Poeta sempre busca a beleza no coração...
A emoção é transferida para o papel, que quando se lê podemos senti-la...
É o dom do poeta!
Adorei!

Uma linda semana de paz.
Bjos mil...

Amor feito Poesia disse...

O rio é a mistura de pequenos encontros. Eu sou feito de águas, muitas águas. Também recebo afluentes e com eles me transformo.

Pe Fábio de Melo

Feliz FDS....M@ria

Leila Uzzum disse...

Querido poeta Segundo o filósofo Gastão de Bachelar a fantasia é a mola propulsora, dinamizadora e realizadora da Intuição, do pensamento e da imaginação, é ela que solta para o espaço a imagem completa daquilo que queremos realizar, então o poeta é o alquimista da escrita. Amei. bjs

Joiza disse...

Querido amigo Poeta...
Sempre venho ver sua poesias, pois saiba que sou uma adepta de tudo que encanta o coração e a alma.
Suas poesias são maravilhosas,Amo cada uma que leio. Que Deus continue te iluminando pra que cada dia mais vc nos presenteie com essa belíssimas dádivas de Deus. Poesia...falo como a amiga Cris, é a emoção transferida para o papel. É o sentimento vindo da alma.
Parabéns!!!! Deus te abençoe sempre
Bjos gde no ♥

Stella Vives disse...

Poeta amigo, lindo seu blog. Amo receber tuas poesias e acho-as lindas, perfeitas. Obrigada pelo carinho e parabéns! Beijos florbelianos.

Sonia Schmorantz disse...

Os poemas que até o momento pude ler aqui são muito bonitos, parabéns!
Obrigado pela visita, estarei acompanhando este espaço.
um abraço

Rosy Simplesmente disse...

Maravilha fazer parte desse cantinho tão seu,tão nosso,onde desaprisionamos nossas emoções,na arte de rabiscar poemas,amenizando e tornando menos dolorosas as penúrias do cotidiano.
As pálpebras curiosas se abrindo,
o peito suspirando a cada frase criada,a vontade de partilhar as mesmas dores,alegrias,paixões,de verso a verso.

M@ria disse...

No misterio do sem-fim equilibra-se um planeta. E no planeta um jardim e no jardim um canteiro no canteiro uma violeta e sobre ela o dia inteiro entre o planeta e o sem-fim a asa de uma borboleta.

Cecília Meireles

Feliz Noite........Beijos! M@ria

Versi D'Amori disse...

Carlos,

Muito interessante esse esse seu soneto em desafio...e nos proporcionou outro lindo momento...

Belo soneto!!!

Um beijo,

Reggina Moon

Anna Geralda Vervloet Paim disse...

Passe em meu blog pois tenho dois selos para presentear este blog

http://wwwjaneladaalma.blogspot.com/2010/04/selos.html

bjus

Dora Dimolitsas disse...

MEU AMIGO CIGANO
COMO SEMPRE SEU TRABALHO
POETICO É REALMENTE
ARTE,HARMONIA, SONORIDADE
PARABÉNS ABRAÇOS DORA
APROVEITO PARA DIZER QUE O TRABALHO DE SUA SOBRINHA É LINDO, DEIXEI MEU VOTO A ARTE DESTA BRASILEIRA QUE VAI ALUTA.

Livinha disse...

Ah quanta coisa um poeta pesca nas águas da imaginação, linhas do anzol, alcança as mais estreitas arestas, na busca da emoção.
Nem todo mundo sente o que o poeta sente, mas o poeta amplia os sentidos em cada corpo e coração.
O mundo fica tão bonito, ainda que sejam rabiscos, ele pinta, desenha e dá sentido, ainda que dá noite ao breu um brilho, qual estrelas, perfeição...

Maravilhada com teus poemas, como maravilhada fico com a imagem colocada, romântico, antigo dos rabiscos do poeta em solidão...

Amo!

Bjs
Livinha

Stella Vives disse...

Sim, poeta, seguimos com uma missão linda que envolve a emoção. Parabéns pelo blog! Beijos florbelianos!

Marisa Torres disse...

Busco nos sonhos, a poesia,
Em vôos altos, pela imaginação,
Alço os céus, em minha fantasia,
Na bagagem, levo inspiração!

Belíssimo, parabéns amigo aplaudo-te pé, beijossssssssssssss