Seguidores

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011


Louco amor !!!!!

Poeta Cigano.


Meu amor é como o raio e, tempestade,

Incandescentes lavas, de um vulcão,

Arrebata-me os sentidos, na ferocidade,

Extrapola os desejos, do meu coração!


Ele é incisivo, persuasivo, sem medidas,

Eu não posso, nem consigo controlá-lo,

É como um animal acuado, fera ferida,

Não, eu não tenho forças para domá-lo!


Meu amor aflora, uma fortíssima paixão,

Manipula a seu jeito, toda minha emoção,

Minha alma escraviza, aí, me faz sofrer!


É um louco amor que, ali, ao me possuir,

Fragilizado me deixa, faz-me então sentir,

Que a qualquer momento, posso te perder!!!!!


www.carlosrimolo.blogspot.com

2 comentários:

Loivarice disse...

Olá querido amigo poeta, obrigada pela visita, essa poesia esta divina, gostei muito bjs de muita luz...

Fanzine Episódio Cultural disse...

FILHOS DO OCEANO


Um torpedo em forma de arpão rompe o oceano
Arrancado-lhe um grito das profundezas.
O vermelho surge manchando as águas de sangue.
Em ondas suas lágrimas fugitivas rebelam-se
A procura de rochedos onde possam se refugiar.

Sorrisos largos revelam a face do predador
Que sob os auspícios da lei esconde-se
Atrás da máscara da selvagem ética humana.
... E o quinto arpão se faz ouvir.

Os oceanos não mais presenciarão os saltos,
Os mares não mais sentirão alegria,

Em solidariedade os rios se uniram,
A natureza em seu minuto de silêncio
Ajoelhou-se na praia:
Uma lágrima,
Um soluço,
Um “por que?”...



Este poema é parte integrante do livro (O ANJO E A TEMPESTADE),de Agamenon Troyan