Seguidores

domingo, 14 de abril de 2013


Lágrimas de uma despedida...!!!
    












Poeta Cigano

Busco em algumas lembranças, de outrora,
Pegadas, rastros que marcaram minha vida,
Já que meu frágil mundo, ruiu, foi embora,
Porque se foi um grande amor numa partida.
Meus dantes falantes lábios, já emudeceram,
Angustiados, não balbuciam eles, mais nada,
Laços que nos prendiam, logo se romperam,
Minha alma, dantes feliz, hoje, se faz calada.
Deturpada imagem, no espelho d’agua, vejo,
Meu confuso coração, não me deixa, ela ver,
Pra que viver, se há tempos se foi meu desejo,
E só lágrimas restaram, no coração a correr?
Lágrimas que molham, inundam o meu peito,
Escondem-se, jorram como cascatas, sem fim,
Pra ninguém, de fora, poder ver esse seu jeito,
Porque em propulsão, choram dentro de mim!

“Poesias do Poeta Cigano”


(Cantinho do Poeta Cigano)

11 comentários:

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

As lágrimas sempre teimam em jorrar, incontroláveis, numa despedida...mas, por ironia, ficaram tão mágicas, nessa poesia!

Um bom domingo, poeta!
Beijos

Nina Paim disse...

Lindo poema! As despedidas são sempre regadas em lágrimas....beijos e um domingo abençoado!

Ingrid disse...

poeta
as lágrimas irrigam nossas dores ,saudades e despedidas..
mas delas brotam sentimentos únicos..
um beijo

Existe Sempre Um Lugar disse...

Poema maravilhoso que identificam bem a o peso da dor na hora da despedida

Cliceli A.Kovalski disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cliceli A.Kovalski disse...

Não sei se acreditas no espiritismo mas a impressão que tive é que às vezes algumas recordações de um passado remoto ou alguém do passado te visita ou participas de sua vida e vem certas emoções no coração e na mente. *Eu demoro mas sempre volto a te visitar!* Meu blog de cara nova, venha sempre que puder, estou tentando mante-lo mais atualizado pre´e agora pós casamento. Bjs fique com Deus
personalidadeinfiel.blogspot.com

Cristina disse...

Maravillosas letras!
Te deseo un buen comienzo de semana y te dejo un fuerte abrazo!

....*☆.¸.☆*'
....*☆.@@ ☆*'
.*☆.@@@@☆*'
....@@@@@@
...☆*@@@@`*☆.¸¸
.......\\\||///.
........\\||//.
.........ƸӜƷ.
..........\|/..♥
...........V....

La Gata Coqueta disse...



El amanecer ha abierto sus puertas,
como pétalos en flor a una nueva semana,
para compartir el amor y la armonía
con los amigos donde tú eres unos de ellos...

Un abrazo de aromas
que siempre emanan
su característica esencia...
...el entendimiento y la comprensión.

Atte.
María Del Carmen



Albertina Granja disse...


Olá, boa tarde....
Já percebi que chegou ao meu blog através do blog da Lúcia de Paiva....
Trata-se de um "espaço" onde, de uma forma bastante simples, escrevo sobre as coisas simples da vida...
Agradeço, sinceramente, a sua simpatia e o facto de ter passado a seguir o "Diversidades"...

Quanto a este poema, acho-o muito bonito...
Embora a despedida seja sempre um momento muito triste, em que nos sentimos de alma ferida e em que se torna difícil controlar as lágrimas, mesmo assim, não deixa de ser um belo poema.....!!
Parabéns....
Cumprimentos
Albertina Granja

Clau disse...

Oi Carlos,boa tarde :)
Lágrimas e incertezas sempre marcam uma despedida...
(Sua alma de poeta sempre compõem lindos versos).
Bjs \o/

Morgan Nascimento disse...

Olá, parabéns pelo blog!
Gostei.
Se você puder visite este blog:
http://morgannascimento.blogspot.com.br/
Obrigado pela atenção