Seguidores

segunda-feira, 10 de junho de 2013

Dores de uma solidão...!!!

 
    Poeta Cigano

Por vezes, me vejo de todos, esquecido,
E, de lado deixado, no mundo jogado,
Não penso o futuro e me sinto perdido,
E nesta minha vida, me sinto acabado!

E, doídas lágrimas fazem, há tempos,
Caminhos, através da face, molhada,
Chora o meu coração cada momento,
E minha alma, rendida, sofre calada!

Meu dia é a noite que meu coração vê,
Escura, sem luzes e norte, neste olhar,
Sem esperanças, não tenho o que, ver,
Em silêncio só vejo meu tempo passar!

Num banquinho ao relento eu me vejo,
Isolado, peito sangrando e sem clamor,
Mas de tanto sofrer, aspiro a um desejo,
Que estancada seja, esta sangria de dor!!!!!!!!

“Poesias do Poeta Cigano”


(Cantinho do Poeta Cigano)

















9 comentários:

Ricardo/águia_livre disse...

Divinal, Soberbo, Maravilhoso

Tem a minha admiração

Cidália Ferreira disse...

Sem palavras.
Adorei
Um abraço. E uma semana feliz.

Lucimar da Silva Moreira disse...

Lindo texto deixo as palavras da amiga Cláudia Ferreira. Poeta tem post novo lá no blog se quiser dá uma conferida segue o link abaixo, fique com Deus beijos.
Lucimar Estrela da Manhã

Divulgue seu blog no Face

Fan Page

Aceito Afiliação

ReltiH disse...

UN TEXTO EXCELENTEMENTE GESTADO.
UN ABRAZO

MARILENE DOMINGUES disse...

Olá Poeta! Estou passando para conhecer o seu blog e as suas escritas...Parabéns meu amigo pelas belas poesias que aqui encontrei...Sempre digo que escrever, colocar no papel o que vai no coração e na alma é um Dom Divino...Admiro muito quem tem esse Dom Maravilhoso. Te vi em um comentário no blog da Querida Lucimar e cá estou te seguindo com muito gosto...Não sou poeta, mas adoro poesias e coisa escritas com o coração...Deixo aqui o convite e o link se quiser me fazer uma visita, ficarei feliz...
Beijos com carinho ¸.•´¯`»✽
Marilene

folhas flores e sutilezas

Célia sousa disse...


Li e reli seu poema...
Encanto!
A minha admiração, por todos seus poemas que já li...
Saudações carinhosas"
" Célia Sousa"

Márcia Rocha disse...

Lindo D+
Beijos Márcia (Rio de Janeiro - Brasil)

http://decolherpracolher.blogspot.com

IldaCarol disse...

Ói Carlos
Todos os dias Deus nos dá um momento em que é possível mudar tudo que nos deixa infelizes.

Deus costuma usar a solidão
Para nos ensinar sobre a convivência.
Às vezes, usa a raiva para que possamos
Compreender o infinito valor da paz.
Outras vezes usa o tédio, quando quer
nos mostrar a importância da aventura e do abandono.
Deus costuma usar o silêncio para nos ensinar
sobre a responsabilidade do que dizemos.
Às vezes usa o cansaço, para que possamos
Compreender o valor do despertar.
Outras vezes usa a doença, quando quer
Nos mostrar a importância da saúde.
Deus costuma usar o fogo,
para nos ensinar a andar sobre a água.
Às vezes, usa a terra, para que possamos
Compreender o valor do ar.
Outras vezes usa a morte, quando quer
Nos mostrar a importância da vida.
Paulo Coelho
Ficam minhas pegadas e meu abraço carinhoso.

Samuel Balbinot disse...

Bom dia Carlos mais uma bonita poesia.. já escrevi muito sobre solidão, mas decidi mudar o foco.. ela consome demais a gente.. tudo rimado é assim que eu gosto rsr lindo dia