Seguidores

domingo, 15 de março de 2015

"A Beleza pelo olhar D'Alma...!!!"

 













Poeta Cigano

Quero as águas do riacho ver, bailarem,
E,  ao sabor do vento, tal a sua sinfonia,
E, nos céus, a lua e estrelas, abraçarem,
A bela e apoteótica natureza, em poesia!

No jardim, floridas ramas pra mim sorrir,
Felizes, e suas fragrâncias, me enfeitiçar,
Canto do sabiá nativo, da palmeira, ouvir,
O meu coração, sua doce melodia, afagar!

Quero o olhar da beleza de todo momento,
De intensa forma e sem medidas de tempo,
Com esse olhar d’alma, coração, tudo ver!

Tão só meu olhar de sempre, só meu olhar,
Pra, da natureza, todos os segredos exaltar,
Desse fascínio desfrutando, enquanto viver!!!!!

POETA CIGANO – 15/03/2015

http://centelhaspoeticas.blogspot.com


“Meus Sonhos e Devaneios Poéticos”

3 comentários:

Vivian disse...

...isso aqui é de um lirismo
sem igual:
"Canto do sabiá nativo, da palmeira, ouvir,
O meu coração, sua doce melodia, afagar!"

só pode ser obra de poeta!
parabéns!

..entrei porque encontrei
a porta aberta, enquanto
passeava pela blogosfera!

bj

Marli Terezinha Andrucho Boldori disse...

Boa noite, querido poeta,
como é bom termos sonhos e devanear pelo espaço sem hora para voltar, pois os devaneios nos levam com a alma para viajar no profundo eu. Belíssimo soneto. Poeta, parabéns por sua postagem. Grande abraço!

Loiva Aprendiz disse...

Bom dia Carlos!
Não só bailam riachos e flores
Ao som dessa bela melodia.
Também despertas seus visitantes
a magia de ver o mundo se transformar.
Que sua semana seja iluminada.
Bj Loiva