Seguidores

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

"Sou Poeta".


Poeta Cigano,

Abro a janela da’lma,
Desperto meu coração,
Vejo remansos, águas calmas,
Navego sem porto ou direção!

Em meu “eu” cato sentimentos,
Meu olhar vê belezas no nada,
Sou eternidade, sou momentos,
Infinita e sinuosa minha estrada!

Sou efêmera brisa, a liberdade,
Que vaga sem destino ou morada,
Deixando rastros, também saudades!

Sou Poeta, nesse mundo de magia,
Minha vida é bela e sonhada,
Sou emoção, também Poesia!!!!!!!!

4 comentários:

Sirlei Passolongo disse...

Bom dia querido poeta!
Nossa! Poema lírico, ameno e ao mesmo tempo, veio ao que se propôs, emocionar. adoreei!

lya toledo disse...

Que prazer ver um blog tão lindo e sensível!
Abraços!

Fernanda Dutra disse...

Querido Poeta, amei seu blog!!!!!
Parabéns.
beijos

Poesias Que Amo disse...

Maravilhoso,Envolvente,
Lindoooooo....
Seu blog é fascinante!
Bjos

Renata Mangeon